sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Final de ano = coreografia (e ensaios)

Agora que já entramos em novembro, com certeza à rotina de todas(os) nós, estudantes de ballet clássico e outras danças, foram adicionadas algumas horas extras de ensaio, não? Tão prazeroso e ao mesmo tempo tão estressante. Estressante porque, particularmente no meu caso, a coreografia de clássico ainda não está pronta e, considerando o tempo até ter a coreografia pronta e depois para limpá-la (e outros fatores, como pouco tempo para ensaio), nossa turma terá que correr um pouco. A apresentação é no dia 11 de dezembro, e eu fico com um medo básico porque me sinto mais segura quando há mais tempo para a limpeza da coreografia (como já disse anteriormente em um post sobre dança do ventre, prefiro coreografias bem ensaiadas e limpas a improvisar, provavelmente por insegurança, mas é este o meu jeito no momento). Mas, para minha tranquilidade (e, principalmente, por ser extremamente necessário), teremos ensaio extra no sábado e domingo da próxima semana.
Sobre a coreografia, ela não é assim "bem clássica", é algo mais livre, mais solto; o objetivo não é mostrar técnica, mas ter um efeito bacana no palco, já que estou na turma de ballet livre, então tem meninas que fazem ballet há mais tempo e outras que começaram este ano. A parte que já temos da coreografia está bonita e, junto com a música, dá uma sensação forte e sentimental, em alguns momentos chega a beirar o frágil, para depois trazer a força à tona novamente. É o que sinto ao dançar e ao ouvir a música, mas na realidade não sei ao certo nem qual o idioma cantado (é um mistério, tem horas que lembra o árabe, mas não tenho certeza). E, quanto ao figurino, ainda não sei com exatidão como será, mas sei que será mais soltinho. Sempre fico ansiosa à espera do figurino, então tenho me controlado desde que comecei a ensaiar a coreografia.

Neste final de ano eu também participaria da coreografia da dança do ventre, porém acabei por cancelar minha participação porque não iria conseguir comparecer a todos os ensaios e porque descobri que terei um evento muito importante no dia (19 de dezembro), e participar dos dois seria humanamente impossível. É uma pena, realmente me doeu, não vou mentir. A coreografia era de Gawazze (ou Ghawazze, ou Gawazzy, já vi inúmeras formas de escrever e não sei qual a correta), que é a dança das tribos de ciganos, e usam-se snujs. O figurino (saia rodada, top amarrado) eu já havia encomendado, então vou tê-lo da mesma forma, e será útil caso dancemos esta coreografia no Mercado Persa de 2010. E infelizmente não iria participar de nenhuma coreografia de dança do ventre clássica, já que o figurino sairia muito caro.

Então é isso, final de ano e muita empolgação com nossas coreografias. No final, tudo sai lindo e a sensação de estar no palco, a cada ano, é singular e fica guardada para sempre.

4 comentários:

juliana disse...

OI ..GOSTARIA DE SABER COMO COSTURAR O ELASTICO CRUZADO DA SAPATILHA...POSTA UMA FOTO POR DENTRO PRA VER COMO COSTURA PRA MINHA IRMA?? ATT JULIANA

XUZANETTI@YAHOO.COM.BR

. Simoní disse...

Oi Aline tudo bem?
Desculpe a demora para responder, agradeço pelo seu comentário, também vou te adicionar. ;)

Também tô em uma situação parecida, ensaios e mais ensaios, principalmente de final de semana que é quando estamos todas reunidas.
O nosso espetáculo teve que ser adiado, pois o teatro já estava com a agenda lotada então será no ano que vem (eu achei ótimo), pois teremos mais tempo para as “limpezas” nas coreografias, principalmente a do Ballet que é a mais complicada.

Beijos ;*

carol lancelloti disse...

Aff e haja horário pra adapatar na agenda! As semanas andam uma loucura com ensaios espalhados!

Su disse...

Ola, eu fiz dança do ventre durante alguns anos, mas o que seria a dança do ventre clássica?